Noticias

Técnicas de esticamento de massa de pizza

Segundo Geanderson Bertoldi dos Santos, esticar a massa de pizza é uma arte que pode transformar uma simples refeição em uma experiência gourmet. A maneira de esticar a massa afeta diretamente a textura e a crocância da pizza. Além disso, esticar a massa corretamente garante que a pizza asse uniformemente, evitando que algumas partes fiquem cruas enquanto outras queimam. Leia esse texto até o final para saber mais sobre o tema!

Preparando a superfície e as mãos

Antes de começar a esticar a massa, é importante preparar a superfície de trabalho e as mãos. Polvilhe generosamente a bancada com farinha para evitar que a massa grude. Mantenha suas mãos limpas e seque-as, pois mãos úmidas podem fazer a massa grudar. Se a massa estiver muito pegajosa, polvilhe um pouco de farinha nas mãos também.

Esticando com as mãos

Conforme aponta o entendedor do tema, Geanderson Bertoldi dos Santos, a técnica manual é a forma tradicional e muitas vezes considerada a melhor para esticar a massa de pizza. Comece pressionando a massa levemente com as pontas dos dedos, do centro para as bordas, para criar um disco plano. Use as palmas das mãos para continuar esticando, levantando a massa ocasionalmente para garantir que não esteja grudando. Se quiser uma borda mais grossa, evite pressionar muito as extremidades.

Método de girar no ar

Uma técnica mais avançada e visualmente impressionante é girar a massa no ar. Essa técnica é muito popular entre pizzaiolos profissionais. Para isso, comece esticando a massa com as mãos até um certo ponto. Depois, levante a massa com os punhos fechados por baixo dela, e gire rapidamente com um movimento suave dos pulsos. Esta técnica requer prática para evitar rasgos, mas o resultado é uma massa bem arejada e uniforme.

Usando um rolo de massa

Embora não seja a técnica preferida por muitos puristas, usar um rolo de massa pode ser uma alternativa eficaz, especialmente para iniciantes. Coloque a massa sobre uma superfície enfarinhada e comece a rolar do centro para fora. Este método garante uma espessura uniforme, mas pode resultar em uma massa um pouco menos arejada nas bordas, como aponta Geanderson Bertoldi dos Santos, chef premiado pela revista Panificação Brasileira por cinco vezes consecutivas.

Técnicas de alongamento com as pontas dos dedos

Outro método eficiente é usar as pontas dos dedos para alongar a massa. Comece pressionando o centro da massa com as pontas dos dedos e vá empurrando delicadamente para fora, em direção às bordas. Este método é especialmente útil para criar pequenas bolhas de ar na massa, que resultam em uma textura leve e crocante quando assada. Continue até atingir a espessura desejada, certificando-se de que a massa não esteja grudando na superfície de trabalho.

Esticando a massa diretamente na assadeira

Se você não se sente confortável em manusear a massa no ar ou na superfície de trabalho, uma opção é esticá-la diretamente na assadeira. Espalhe um pouco de farinha ou óleo na assadeira para evitar que a massa grude. Coloque a bola de massa no centro da assadeira e comece a pressionar e esticar para as bordas. Este método é particularmente útil para pizzas caseiras em que você quer garantir uma forma específica ou um tamanho exato, como destaca Geanderson Bertoldi dos Santos, expert no tema.

Praticando e aperfeiçoando a técnica

Em conclusão, como qualquer habilidade culinária, esticar a massa de pizza requer prática. Não se desanime se as primeiras tentativas não saírem perfeitas. Cada vez que você esticar uma massa, você aprenderá mais sobre como a massa reage e como ajustar suas técnicas para obter os melhores resultados. Experimente diferentes métodos e descubra qual funciona melhor para você. Com tempo e paciência, você dominará a arte de esticar a massa de pizza, criando bases perfeitas para suas deliciosas criações culinárias.

Artigos relacionados

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo